4 dicas para construir a imagem do seu negócio

Neste post veremos 4 dicas super importantes para construir a imagem do seu negócio.

A imagem do seu negócio impacta diretamente nos seus resultados. Sendo que a imagem é o primeiro ponto de contato entre você, sua marca e o seu público, ela deve ser muito bem pensada desde a elaboração do seu plano de negócios.

 

Se você preferir, confira esse conteúdo em vídeo clicando abaixo:

Inscreva-se em nosso canal no YouTube!

Dica 1 – trace objetivos em um plano de negócios

Primeiramente, precisamos alinhar a imagem da sua marca com os objetivos do seu negócio.  Para isso, é possível montar um painel de referências (inspirações de humores, ideias, perspectivas de símbolos, cores etc.) que reforçam seus objetivos em relação ao posicionamento da sua marca. Esse painel também é chamado de Moodboard.

Ao traçar seus objetivos e alinhar suas referências é importante que você mantenha a consistência na construção da sua imagem, ou seja, não adianta ficar mudando tudo de semana a semana. Também é importante investir nessa mesma linha visual em todos os seus canais e espaços a fim de estabelecer o posicionamento da sua marca.

A palavra chave é repetição.

 

É preciso repetir muitas vezes até ganhar reconhecimento e consistência!

É preciso repetir muitas vezes até ganhar reconhecimento e consistência!

A construção da imagem do seu negócio deve estar costurada num grande plano de negócios. Nessa etapa, não se economiza tempo nem ideias. Ao refletir sobre quais são os seus objetivos, onde você quer chegar e como você quer se posicionar no mercado, o plano de negócios deve traçar exatamente esses objetivos junto a sua imagem institucional.

Pegando o exemplo do avião – aqui está a minha repetição – de nada adianta termos o melhor piloto ou aeronave se o relacionamento com os passageiros não for bom. Desde a compra da passagem, passando pela tripulação até chegar ao check-in do voo.

Portanto, a imagem não diz respeito somente à marca (branding), mas à experiência construída em todas as etapas do relacionamento com seu público alvo.

Dica 2 –  pense e capriche

Por acaso você já topou com marcas e produtos que te passaram uma impressão errada, ou, quem sabe, nenhuma impressão?

Lembre que por trás de marcas é preciso saber comunicar!

Lembre que por trás de marcas é preciso saber comunicar!

Por exemplo, vamos pegar o caso do Instagram que é uma rede social muito voltada para a imagem. Você já viu aqueles perfis super bonitos e descolados e com altos efeitos de design, mas que o conteúdo não acrescentou muita coisa?

Ou, o contrário, no caso de artes confusas que sequer conseguimos ler ou compreender direito o seu conteúdo?

Acredite, isso é o mais comum de acontecer.

Isso porque, nesses casos, a pessoa se preocupou com a produção de uma imagem completamente desconectada de um plano de negócios maior.

Portanto, para construir a imagem do seu negócio você precisa refletir sobre os primeiros pontos de contato com a sua audiência e clientela. Quais são esses primeiros pontos? O que esses pontos provocam, aludem e informam ao seu público? Tudo isso está alinhado aos seus objetivos e plano de negócios?

Essas questões impactam em como conceber não somente uma logomarca, mas, sobretudo, seus primeiros pontos de contato, como: um cartão de visitas, vitrine da sua loja, a página inicial de um site ou da rede social. Ou seja, esse cuidado independe do tipo de negócio que você empreende.

Sua imagem está alinhada com o propósito do seu negócio?

Sua imagem está alinhada com o propósito do seu negócio?

 

Dessa maneira, você poderá compreender se o seu Instagram, site ou vitrine da loja estão ajustados aos seus objetivos. Quer dizer, se conseguem passar adequadamente uma boa imagem do seu negócio, fortalecendo o sucesso dos seus empreendimentos.

Dica 3 – busque ajuda profissional

Sabendo que a imagem do seu negócio é de grande importância e valor e reconhecendo que não se trata de algo tão simples assim de elaborar, busque ajuda profissional. Assim como as questões de segurança, acredite, esse não é um quesito que se deve economizar.

Por mais que você tenha ótimas ideias, nada garante que você consiga organizá-las e traduzi-las corretamente na construção da imagem do seu negócio.

Poucos empreendedores dominam plenamente toda a ciência que está por trás dessa elaboração, desde a leitura do mercado e nicho consumidor até estudos atualizados sobre design, imaginário ou psicologia das cores.

Entender sobre a Psicologia das cores é essencial para comunicar melhor!

Entender sobre a Psicologia das cores é essencial para comunicar melhor!

Dica 4 – consulte seu público

Para encerrar, a última dica sobre a construção da imagem do seu negócio consiste em pesquisar, ou seja, conferir sempre que possível junto ao seu público como ele está percebendo a sua imagem institucional, mesmo que essa imagem se resuma a você.

Assim, realize aquelas enquetes do Instagram, formule perguntas em seu Facebook ou Youtube.

Estimule espaços de comentários em seu site, disponibilize urnas para coletar críticas e sugestões na sua loja ou, melhor ainda, saia detrás do balcão e converse com seus clientes e fornecedores sempre que possível.

Lembre-se, imagem diz respeito a relacionamento.

Aproveite e conheça nosso curso sobre o Canva clicando aqui! Fica a dica!

E comente logo abaixo o que você achou desse post. O que para você é imagem, como você a vem trabalhando, o que você aprendeu aqui ou que, ainda, deseja nos ensinar? Enfim, esse espaço é seu!

Deixe seu comentário!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *