Quer empreender? 6 dicas essenciais para ser empreendedor

Você quer empreender. Mas será que abrir o próprio negócio e se tornar empreendedor ou empreendedora é o melhor caminho para você? É o que vamos pensar juntos e juntas aqui nesse post.

Vamos avaliar agora se ser empreendedor e empreendedora realmente é a melhor escolha que você pode fazer. Atualmente, muito se fala que nunca esteve tão fácil abrir o próprio negócio, seja ele começando da própria casa, a partir da venda de produtos ou de conteúdos para a Internet.

 

Se você preferir, confira esse conteúdo em vídeo clicando abaixo:

De fato, oportunidades não faltam. Mas eu penso que antes de começar é muito importante a gente parar por um momento, respirar fundo e pensar: será que isso é para mim?

1 – Primeira dica!

Para começar, sabemos que ter um negócio próprio significa assumir um grande compromisso, sobretudo, consigo. Contudo, o mais interessante dessa empreitada é que você estará no comando o tempo todo.

Como a gente fala muito aqui sobre decolar o negócio, nesse caso, você será o/a comandante dessa sua aeronave.

Portanto, é você quem poderá escolher as melhores rotas, o melhor percurso, o tempo e investimentos aplicados nesse negócio. Também decidirá como manejar da melhor forma possível, pensando em diversos detalhes importantes como o combustível, passageiros, valor do bilhete, partida e chegada

É preciso ter autonomia para Decolar!

É preciso ter autonomia para Decolar!

Enfim, as estratégias como um todo caberão principalmente ao comandante, no caso, a você!

E aqui temos o primeiro ponto que precisamos observar: quer empreender? Então, tenha muita autonomia! Ou seja, o bom comandante deve ter não apenas o controle da aeronave, mas um bom olhar sobre negócio a fim de poder fazer adaptações, flexibilizar e inovar. Pois, lembre-se, não existe apenas a sua companhia aérea no mercado.

Ter autonomia é um aspecto muito importante. A autonomia é fundamental para ser empreendedor. Essa é a nossa primeira dica!

2 – Segunda dica!

O segundo ponto que te convidamos a pensar se você quer empreender é: você gosta realmente de desenvolver novas habilidades e competências? De conhecer novidades, de sempre aprender?

Porque, empreender é um exercício diário das nossas habilidades e muitas vezes a gente não sabe o que fazer e quanto a isso não há problema algum. Quer dizer, somente não haverá problema quando soubermos buscar alternativas, conhecimentos e ajuda.

Empreender é exercitar nossas habilidades!

Empreender é exercitar nossas habilidades!

Para tanto, existem dois caminhos: aprender por conta própria o que precisamos fazer ou acessar pessoas que resolvam certas demandas do nosso negócio. Contudo, a escolha entre uma ou outra alternativa dependerá das nossas necessidades e aptidões.

Por exemplo, no caso de uma aeronave, você pode ser um excelente piloto, mas não necessariamente um mecânico.

Nesse caso, das duas uma: ou você aprende tudo sobre a manutenção do seu avião ou contrata um especialista. O que é mais interessante para o seu negócio? O bom comandante saberá a resposta.

Portanto, a questão não se resume tanto a desenvolver nossas habilidades, mas, antes, a fazer o nosso avião voar. Por isso não é necessário sermos especialistas em todas as competências que fazem parte do nosso negócio, mas, sim, a sabermos a hora de aprender e a hora de delegar. Essa é a nossa segunda dica!

3 – Terceira dica!

O terceiro aspecto a se considerar no caso de desejares empreender um negócio de sucesso é avaliar o seu grau de teimosia! Isso mesmo, porque, empreender é se desafiar e se ver como um aprendiz o tempo todo.

Porque, aqueles empresários e empresárias que tem uma ideia fixa, a “cabeça dura”, sem considerar o super dinamismo da vida e do mercado, estão fadados ao fracasso.

Empreender exige flexibilidade e adaptações!

Empreender exige flexibilidade e adaptações!

Por isso, o bom empreendedor não pode ser uma pessoa muito rígida, devendo estar aberto tanto ao próprio aprendizado quanto à busca de profissionais que possam lhe aconselhar, ajudar e resolver os problemas tendo em vista essa indispensável adaptação ao contexto que muda permanentemente. A natureza é assim: nem sempre prevalece o maior ou mais forte, mas, antes, o mais adaptável.

Todavia, você realiza todo o planejamento do seu negócio, tudo certinho até que, de uma hora para outra, surge uma pandemia, aparece uma novidade tecnológica ou um concorrente que da noite para o dia cresceu e que você nem se deu conta.

Então, o que fazer?

Se você não gosta de aprender, reinventar-se e se adaptar, repense se empreender é mesmo para você. Essa é a nossa terceira dica!

4 – Quarta dica!

Justamente, a quarta dica, que está totalmente relacionada às anteriores é ter a capacidade de observar e compreender essas mudanças de contexto, realidade, mercado, público alvo e assim por diante. A importância dessa permanente adaptação é manter o negócio com consistência atendendo bem ao seu público e da melhor forma possível.

Seu negócio vai passar por constantes mudanças, e tá tudo bem!

Seu negócio vai passar por constantes mudanças, e tá tudo bem!

5 – Quinta dica!

O quinto ponto para pensarmos se empreender é  realmente para você consiste em sabermos se você possui inteligência emocional. Essa é a forma mais sofisticada para questionarmos se você tem paciência, aliás, muita paciência.

Porque, ter paciência é fundamental para enfrentar os altos e baixos que são comuns em qualquer empreendimento. Muitas vezes, o avião demora mais para decolar do que presumimos ou enfrentará diversas turbulências durante o voo que sequer imaginávamos.

Ter paciência é um exercício fundamental!

Ter paciência é um exercício fundamental!

Nesses dias que você desejar jogar tudo para cima, lembre-se que depois é você mesmo quem deverá juntar tudo.

Contudo, a paciência, essa inteligência emocional de que muito se fala é uma habilidade que pode ser treinada, pois nem todo mundo já nasce com ela super desenvolvida.

A bem da verdade, poucas pessoas a tem. Então, a paciência é um atributo de extremo valor para quem desejar empreender. Nossa quinta dica!

6 – Sexta dica!

Por último e não menos importante para pensar se empreender realmente é a melhor alternativa para você consiste em pensar na sua motivação! Essa é a nossa sexta dica!

Senão, vejamos: quando temos um porquê, um motivo, algo que realmente nos mobiliza e que queremos muito, tudo aquilo que está contido nas cinco dicas anteriores é mais facilmente conquistado.

Encontre o seu "porquê" para empreender!

Encontre o seu “porquê” para empreender!

Você que quer empreender deve mesmo seguir esse caminho?

Quer empreender? Para saber, encerramos essa reflexão deixando o convite para você pensar: por que empreender? Por que você gostaria de empreender? Você tem aquele motivo muito forte, aquela “voz” que lá dentro te diz que vale a pena?

Se as respostas forem não, partilhe-as conosco aqui nos comentários. Quem sabe assim suas preocupações não possam ajudar ou sejam ajudadas por outras pessoas? Mas, se forem positivas, melhor ainda, partilhe-as também.

Assim, poderemos te dar toda a certeza de que empreender é para você. E, nesse caso, nossa sugestão é que você comece agora mesmo a montar o plano de negócios dos seus projetos.

Não se preocupe em começar pequeno, mas lembre SEMPRE de sonhar grande!

Deixe seu comentário!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *